Diferenças entre Corinthians e Palmeiras


As diferenças entre Corinthians e Palmeiras são gigantes.

Podemos perceber a filosofia de trabalho de cada clube, com o comentário de Luís Paulo Rosenberg, vice-presidente de marketing do Corinthians, sobre os projetos de estádio de Corinthians e Palmeiras:

Nós poderíamos administrar como o Palmeiras.
Ele passou tudo para a WTorre e daqui 30 anos será o dono total do estádio.
Nós achamos muito melhor tomar dinheiro emprestado e administrar desde já a Arena Itaquera.
A venda do name rights, patrocinadores, tudo que envolve projeto de marketing.
Tudo no estádio passamos a ganhar agora e não depois de 30 anos, como o Palmeiras.
Cada um tem a sua forma de trabalhar.

O Corinthians quer independência. Andar com as próprias pernas. Descobriu o poder da sua marca, quer explorá-lo. Estádio da Copa, TV, rede de franquias com produtos do clube, jogadores miadiáticos, contratos com valores ousados, etc. Nada de se prender a ninguém, como foi com a MSI no passado. Uma filosofia empreendedora, audaz e arrojada, sem medo de trabalhar "sem carteira assinada".

O estádio do Corinthians será feito com recursos de financiamento, e o clube vai pagar os juros do empréstimo. Mas vai receber de imediato as receitas que a exploração da arena vai gerar, porque acredita que os lucros desta exploração são bem maiores que os juros da dívida.

Outro exemplo, é a negociação dos direitos de transmissão de jogos pela TV. O Corinthians não enxergou dentro do Clube dos 13, espaço para buscar os seus interesses, por isso decidiu sair da entidade e negociar individualmente com as TVs. Resultado, ele recebia no contrato anterior, 42 milhões de reais por ano, juntamente com Flamengo, São Paulo, Palmeiras e Vasco. Negociando individualmente o Corinthians, e o Flamengo, receberam uma proposta da Rede Record, que cada clube receberá 100 milhões de reais por ano. A Rede Globo já cobriu esta oferta e a proposta passa dos R$ 110 milhões de reais.

O estilo empreendedor corintiano, já mostra os seus frutos e as suas recompensas.

O Palmeiras já pensa diferente. O contrato para construir a Arena Palestra, dá direito da WTorre de explorar economicamente o estádio, e depois de 30 anos o clube vê as receitas deste patrimônio. O Palmeiras vai arrendar o estádio em troca da reforma. Vai deixar que outros administrem o seu bem. Não confia na sua capacidade de gerar riquezas, e para modernizar o seu antigo estádio, cede o que é seu para alguém que administre melhor, entregando o lucro e ficando com o que sobrou (obs.: um estádio que vai ter 30 anos, depois este contrato terminar, precisará de reformas novamente. Aí o Palmeiras faz uma nova parceria de arrendamento para a nova reforma, e o lucro fica de novo com o parceiro arrendatário, e o ciclo começa novamente).

Outro episódio que aponta a filosofia alvi-verde, é que o clube só ganhou títulos importantes nos últimos 35 anos, através da parceria com a empresa Parmalat. O clube fez um arrendamento, só que do seu departamento de futebol. A empresa gerenciava o futebol do clube e as receitas, principalmente a venda de jogadores, porque o lucro destas negociações era toda da arrendatária.

Atualmente, a parceria do clube é com a empresa Traffic, relação esta batizada pelo Dr. Fabricio como "Barrigote de Aluguel". A Traffic coloca alguns jogadores no Palmeiras, e quando é interessante para a empresa ela vende o jogador, fica com os lucros e deixa o clube na mão, que tem que pagar "as despesas do parto" do jogador. A maior prova que essa parceria "dá certo", é que no caso Ronaldinho Gaúcho, a Traffic parceira do Palmeiras, escolheu uma "barriga" maior para colocar o jogador, frustando as pretensões palmeirenses de ver o craque jogando no clube.

A última da diretoria do Palmeiras, é que ela quer um contrato de direitos de transmissão com o mesmo valor que o Corinthians vai ganhar, ou seja, o Timão negocia com uma emissora, e o Palmeiras espera o desenrolar das negociações. Quando o valor for fechado, o time alvi-verde exige receber a mesma quantia contratada entre a emissora e o rival. É a política: anda que eu vou atrás. Resultado, a Record e a Globo não aceitam pagar a mesma coisa para o Palmeiras, que pagará para o Corinthians, porque este é campeão de audiência e tem o maior número de jogos transmitidos (agora da para entender a bronca do Dr. Allan pelo Corinthians ter saido do Clube dos 13, porque lá as negociações eram feitas através do grupo e o Palmeiras pegava onda com a galera, principalmente atrás do Corinthians).

Não vou defender qual filosofia administrativa está certa, o empreendedorismo corintiano ou a gestão de "carteria assinada" do Palmeiras, estilo funcionário assalariado (porco na coleira). Mas os resultados estão aí.

Cada empresa consegui seus acordos, contratos e parcerias, conforme a sua grandeza, o poder de sua marca, as receitas que gera, rentabilidade, capacidade de atrair recursos, etc. Talvez estes pontos, responda o posicionamento de cada clube.

13 comentários:

  1. Anônimo21.3.11

    esse gambá só fala meeeeeeeerrrrrrrr......

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem acredita que a Adm dos gambás vai gerir essa riqueza honestamente? Sem desvios, sem escândalos sem quebra quebra no estádio por conta das denuncias... em 10 anos o Itaquerão vai voltar a Adm municipal. Isso É MUITO MAIS PROVÁVEL do que essa fantasia que o gambá ae falo!

      Excluir
  2. Anônimo23.3.11

    Mais um tópico de um corinthiano que não tem o que falar e fica querendo um espaço na rede.
    Socorro, esse blog está ficando inviável de se visitar devido a loucura desse dr du, vamos votar para ele sair feito um BBB, garanto que ele recebe uns 95% de votos.

    ResponderExcluir
  3. Anônimo1.4.12

    Este gambá deveria olhar e ver q até agora o corinthinha q chama de grande, é o único entre os grandes de São Paulo q nunca ganhou a Taça Libertadores e nunca vai ganhar, assim também nunca teve um estadio a não ser a fazendinha. Isso q ele chama de administração modelo? rssssssssss.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. trouxa....temo estadio e temo libertadores com o bi mundial

      Excluir
  4. Anônimo21.7.12

    Ótimo texto, um dos melhores que já vi. Poderia ter mais textos sobre esse tema. Parabéns

    ResponderExcluir
  5. Anônimo10.9.12

    VAI VENDO....ASSIM QUE FUNCIONA...FALAR NÃO ADIANTA!!!!

    ResponderExcluir
  6. Anônimo20.12.12

    Poxa bacana o texto...sou palmerense e já estou cansado de ouvir a cronica esportiva falar que a diretoria é ruim, que jogador não se esforça, que o técnico é incompetente...comentarios que qualquer leigo poderia disser...mas realmente mostrar a origem dos problemas do palmeiras e analisalas de forma comparariva como feito aqui é muito dificil encontrar no meio do jornalismo esportivo...parabens

    ResponderExcluir
  7. Três anos depois de seu post eu pergunto: que empreenderismo? Quem vai pagar as contas? Tem muito diretor na sccp que fala um monte de M, mas só vai jogando tudo p de baixo do tapete e as dívidas vão quebrar o clube! Não há milagres, sair de 2008 com uma monstruosa dívida para em 3 anos se achar o clube mais rico do pais.... Ou o governo e o Ronaldo injetou mta grana lá! O Palmeiras ta lá queto se reestruturando e vai voltar ao seu lugar de destaque.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo25.3.14

      Disse tudo cara esses iludidos o nosso presidente na dele ta mostrando pulso e profissionalismo..daqui uns 2 ou 3 anos iremos colher os frutos!!

      Excluir
    2. Anônimo19.6.14

      kkkkkkkkkkkk Paulo Nobre se fazendo de morto e enrolando a porcada... Que chora ao ver seu estádio ser de outro por 30 anos...

      Excluir
  8. Um post totalmente imbecil desinformado..se bem que na época o presidente era outro..as coisas mudaram e o estadio nos dará lucro sim e muito..se afundar em dividas não é o caminho..varios clubes no mundo conseguem parceiros pra construir arenas as duas partes ganham assim são negocios :)

    ResponderExcluir
  9. AS PESSOAS TEM QUE APRENDER A ACEITAR A REALIDADE DO SEU CLUBE SABEMOS QUE NENHUM DOS CLUBES É 100% HONESTO E GARANTO QUE VCS QUE FALAM MAL DO CORINTHIANS GOSTARIA DE FAZER PARTE DA DIRETORIA E COMER PELO MENOS AS MIGALHAS.....VAMOS PARAR DE HIPOCRISIA ESTAMOS NO BRASIL UM PAÍS CORRUPTO...... ATÉ A EMPRESA QUE TRABALHAMOS EXISTE CORRUPÇÃO....ACEITE OS FATOS O CORINTHIANS É O CLUBE QUE TEM O MAIOR PATROCINIO E É O MAIS DESEJADO PELAS EMISSORAS, AGORA FICA A PERGUNTA PORQUE AS EMISSORAS BRIGAM PARA TRANSMITIR OS JOGOS DO CORINTHIANS??????? SERÁ QUE NÃO É PELO RETORNO FINANCEIRO, APRENDAM UMA COISA TUDO GIRA EM TORNO DO DINHEIRO ........

    ResponderExcluir

Obrigado por seus cornetários! Os doutores em breve lhes responderão!